Grande Hotel e Termas de Araxá

O Grande Hotel, com suas Termas e Fontes, formam um exuberante conjunto, que é um convite ao lazer e ao relaxamento.

Construído na década de 1940, o complexo do Grande Hotel de Araxá atrai a atenção pela sua majestade. Com 33.300 metros quadrados de construção, é um marco da engenharia brasileira. Está edificado no centro de um magnífico parque de 450.000 metros quadrados, a mais de 900 metros de altitude, com jardins projetados por Burle Marx, de onde se divisam lagos e bosques, com grande diversidade de árvores, formando um conjunto de excepcional beleza.

A edificação do Grande Hotel impressiona, desde o primeiro contato, pelas suas dimensões e imponência. Junto com as termas, compõe um ambiente belo e harmonioso.

Internamente, o Grande Hotel é muito rico em diversidade de ambientes, utilizando uma composição de espaços perfeitamente equilibrada. O hall da entrada principal, de porte grandioso, tem seu acesso por meio de uma escadaria e rampa para automóveis. O piso é de mármore de Carrara, e as colunas, revestidas por mármore Travertino. A laje de cobertura é trabalhada em gesso, e os lustres são de cristal. O cinema com cerca de 450 lugares possui cabine de projeção, iluminação e palco ligado a camarins, podendo, também, funcionar como teatro. Ao todo, são 283 unidades habitacionais.

Com localização privilegiada em relação aos grandes mercados nacionais (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Goiânia e Belo Horizonte), Araxá é um polo turístico importante e valorizado em todo o país. A cidade conta com boa infraestrutura e o charme de ser berço da lendária Dona Beja. Sua maior atração é o Conjunto Termal do Barreiro, que compreende, além do Grande Hotel e das Termas, as fontes Dona Beja e Andrade Júnior, a praça de esportes, o Centro de Aventuras, o Castelinho, além de bosques, jardins e um belíssimo lago. O complexo do Barreiro está localizado a 4,5 quilômetros do centro da cidade.